FISIOTERAPIA Deborah Dotto | Noticias
Fisioterapia Deborah Dotto - Logo

O seu bem estar é a nossa prioridade.



MASSAGEM ESTÉTICA


02/05/2013

Você malha, mantém uma boa alimentação, mas aquela gordurinha localizada nas coxas, barriga ou culotes insiste em não abandonar seu corpo.

Para esses casos as massagens são ótimas opções para dar uma ajuda, amenizar o problema e ainda combater a celulite e o inchaço (edema).

Porém, existem diversas modalidades de massagens disponíveis nas clínicas hoje em dia, além de vários tratamentos feitos com aparelhos como o Manthus, Ultrashape, Accent, corrente russa e outros que possuem o preço mais elevado do que as massagens feitas manualmente. Pois saiba que essas, realizadas com as mãos, podem proporcionar excelentes resultados mesmo sem ter de recorrer à tecnologia.

Tanto a massagem redutora quanto a modeladora e a drenagem linfática são indicadas para reduzir a gordura localizada, diminuir medidas, eliminar toxinas e edemas e ainda suavizar bastante a aparência da celulite. Mas você sabe qual é mais adequada ao seu caso e quais as diferenças entre cada uma? Acompanhe abaixo para saber como são as técnicas e seus maiores benefícios.

Massagem modeladora

A massagem modeladora pode ajudar a esculpir algumas regiões do corpo, redesenhar curvas e dissolver nódulos de gordura localizada na barriga, quadris e coxas. A técnica possibilita essa redução nas medidas através de movimentos vigorosos e deslizamentos mais pesados com as mãos, geralmente com a utilização de cremes e fluidos específicos, que possuem propriedades que ativam a circulação e atuam na queima de gordura.

Cada sessão dura de 45 minutos a uma hora e nela o profissional pressiona e massageia todo o corpo com movimentos rápidos e intensos, mas dá prioridade aos pontos de gordura localizada. Essas intensidade e pressão feitas na massagem modeladora são capazes de “esvaziarem” as células adiposas, causando a redução da gordura, celulite e, consequentemente, das medidas. A massagem também contribui para uma varredura das toxinas do corpo e a sua eliminação através da urina e do suor.

Devido a essa técnica atingir as camadas adiposas mais profundas e ser realizada com mais pressão e força por parte do profissional, ela pode deixar a pele bastante avermelhada e levemente dolorida após as primeiras sessões. Em algumas pessoas, podem surgir pequenos pontos de hematomas. Porém, não é o correto aparecerem hematomas mais fortes, pois podem indicar que algum vasinho tenha estourado. Por isso, é indicado sempre avaliar bem o profissional com quem você vai realizar a massagem.

Assim como a modeladora, o sistema é praticamente o mesmo: a massagem redutora também é realizada com movimentos profundos e vigorosos, com o auxílio de cremes para facilitar o deslizamento e potencializar a ação.

Porém, ela é feita somente nos pontos onde a pessoa quer exterminar a gordura, como barriga e culotes, sendo que a modeladora realiza os movimentos também no restante do corpo.

A massagem redutora também é conhecida como emagrecedora, pois ativa a circulação dos tecidos e é capaz de reduzir o edema nas células adiposas. O método é um poderoso aliado para diminuir as medidas e ajudar a combater a celulite.

Cada sessão dura em média 45 minutos e, se realizada ao menos uma vez por semana, já é possível obter resultados visíveis. Pela pressão com que é feita, a massagem modeladora também pode deixar as regiões do corpo um pouquinho doloridas nas primeiras sessões. Por isso, procure sempre um especialista capacitado para não se machucar ou ficar toda roxa. A finalidade é acabar com a gordura e não com a sua disposição.

Drenagem linfática

A drenagem linfática é uma das técnicas favoritas nas clínicas de estética. E não é para menos: por ser feita com movimentos lentos e suaves no corpo, ela proporciona momentos mais relaxantes durante sua realização. Mas os seus benefícios vão muito além do bem-estar: a drenagem ativa a circulação, acelera o metabolismo, diminui medidas, reduz bastante o inchaço (edema), favorece a oxigenação celular da pele, combatendo a celulite.

Uma sessão de drenagem linfática dura em média uma hora e pode ser feita com o auxílio de cremes, mas não é totalmente necessário, pois nela o deslizamento das mãos do profissional na pele do cliente é mais vagaroso e delicado.

O princípio da drenagem linfática é acelerar o fluxo da linfa aos gânglios, favorecendo a eliminação do excesso de líquido e toxinas pelo nosso organismo. E para esse processo acontecer os movimentos são feitos em pontos específicos, de forma rítmica e suave, para drenar a linfa, que fica mais na superfície da epiderme, ao contrário das células adiposas que ficam nas camadas mais profundas. Após a massagem, as toxinas são eliminadas pela urina naturalmente.

A drenagem não reduz drasticamente as gorduras localizadas como as massagens mais vigorosas, pois não atinge a camada adiposa. No entanto, ela combate a retenção de líquidos que prejudicam a oxigenação dos tecidos e formam os nódulos que causam a celulite. Para os casos mais profundos, alguns profissionais utilizam aparelhos de ultrassom que quebram as células gordurosas que depois são drenadas com os movimentos.

Para se obter um bom resultado são indicadas, no mínimo, dez sessões de drenagem linfática. Os preços podem variar de 50 a 150 reais por sessão. Muitas pessoas adotaram a drenagem como procedimento frequente, realizando-o ao menos uma vez na semana durante o ano inteiro.

A drenagem é indicada também para pós-operatórios de lipoaspiração e outros procedimentos para amenizar os edemas e evitar fibroses, além de ser indicada para gestantes para diminuir o inchaço das pernas. Porém, apesar de ser benéfica em diversos casos, possui também contraindicações, por exemplo, em casos de tromboses profundas, varizes, presença de tumores, hipertensão, asma grave, entre outros. Vale conversar com um médico antes de começar o tratamento.

Mas lembre-se de que todas essas massagens não fazem “milagres” sozinhas. É importante manter uma alimentação balanceada e praticar atividade física. Com isso, os resultados serão muito mais visíveis e satisfatórios.



Fonte: todaela.uol.com.br › Beleza › Estética

Voltar